A pensão alimentícia pode ser alterada?

É verdade que depois de fixada a pensão, ela não pode ser alterada?

Já recebi inúmeras consultas questionando isso e a resposta é: NÃO, não é verdade!

O que não pode é a alteração unilateral pelas partes.

É necessário entrar na Justiça com uma ação revisional de alimentos, seja requerendo a redução da pensão, seja requerendo o aumento do valor.

É fundamental que a Parte que pede a alteração comprove a alteração de sua situação financeira, que te impede de continuar pagando o valor anteriormente fixado OU a modificação da necessidade do filho, seja de redução ou de aumento.

Vamos a uns exemplos?

a)quem paga a pensão mudou de emprego e o salário foi reduzido

  1. b) o adolescente passou em uma instituição federal e não há mais despesa de escola particular
  2. c) a criança sofreu um acidente e está com despesas de fisioterapia, terapia ocupacional e muitas medicações.

As situações deverão ser comprovadas e o juiz julgará se possuem fundamento e poderá acolher ou não o pedido.

Se a Parte reduz o valor por conta própria, antes da decisão do juiz, ela continua devedora do montante que foi reduzido.

Pode haver acordo entre as partes? Sim e isso é sempre o ideal, principalmente em direito de família, que envolve questões íntimas e particulates de cada núcleo familiar.

Mas, face às sérias implicações envolvidas nesta questão, que pode acarretar até mesmo a prisão do devedor, JAMAIS tome qualquer atitude antes de se consultar com um advogado de sua confiança.

Esse artigo foi útil pra você? Não deixe de enviar para aquele seu amigo que precisa saber disso também!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inscreva-se para acessar os 2 ebooks

Abrir chat
1
Precisa de ajuda?
Olá!
Podemos te ajudar?